Parceiros
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

[X] Fechar

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Como trilhas aumentam sua força física e mental
Whats Email Mapa de imagens. Clique em cada uma das imagens

quinta-feira, 3 de setembro de 2020 - 10:35
woman trail runnerNão somos aqueles que odeiam uma corrida em esteira ou na rua (nunca!), mas a corrida em trilha tem alguns benefícios únicos e muitos corredores deixam de aproveitar as curvas e voltas além de sua porta da frente. Apenas 23% dos corredores disseram estar interessados em participar de uma prova em trilha, em comparação com 75% dos corredores interessados em uma meia maratona, de acordo com a Running USA's National Running Survey.

Mas há benefícios em mudar de cenário. "A corrida em trilha é uma ótima maneira de se conectar com a natureza, ver belas paisagens e fugir do barulho da rua", diz Cyndi Wyatt, instrutora da REI Outdoor School, que ministra cursos de corrida em trilha em todo o país. E isso significa benefícios que vão muito além de sua frequência cardíaca diminuir: pesquisas mostram que passar um tempo na natureza pode reduzir a ansiedade, aliviar o estresse e até mesmo deixá-lo mais satisfeito com a vida em geral. Não são pequenos benefícios.

Sem falar que todas aquelas subidas fortalecem demais a parte inferior do corpo, especialmente os quadríceps, panturrilhas e glúteos. "Trezentos metros de ganho de elevação durante uma maratona são considerados desafiadores, então se você passar seus dias de treinamento cruzado no cume de uma montanha de 1,5 km, uma corrida de estrada 'montanhosa' será como seu aquecimento", diz Wyatt.

Se isso não for motivo suficiente para explorar caminhos menos pavimentados, a corrida em trilha também força você a se concentrar na técnica de uma forma que a corrida na rua, francamente, não consegue. "Os fundamentos básicos da postura são os mesmos em qualquer superfície, mas os riscos são maiores nas trilhas. Se você não quer torcer o tornozelo na floresta, não pode se distrair", diz Wyatt. Isso significa que a corrida em trilha pode ajudar a criar hábitos que reduzem o risco de lesões e o tornam um corredor mais forte em geral. Aqui ela explica como.

Você vai ajustar sua cadência.

Uma cadência mais rápida (também conhecida como quantos passos você dá por minuto) pode ajudar a prevenir lesões, minimizando o impacto em seus quadris, joelhos e tornozelos, de acordo com uma revisão de Sports Health. Sua cadência é importante porque afeta onde seu pé pousa. "E para evitar lesões, ele deve cair sob seus quadris, não à sua frente", diz Wyatt. O que isso tem a ver com corrida em trilha? Sua cadência aumenta naturalmente para mantê-lo estabilizado entre todas as rochas e raízes.

Você vai ouvir o seu corpo.

"A quietude da natureza permite que você se concentre em sua respiração e preste atenção a quaisquer dores antes que se tornem lesões. Você está 100% sintonizado com tudo o que está acontecendo", diz Wyatt.

Você pode treinar em uma intensidade maior com menos impacto.

"O asfalto é duro para as suas articulações", diz Wyatt, mas uma superfície mais macia permite que você treine mais, forçando menos os quadris e joelhos. Considere ir para uma trilha, mesmo que seja plana, em vez de uma calçada, para sua próxima sessão de sprint.

Você aprenderá a superar as partes difíceis.

Cada corrida tem seus momentos difíceis e desconfortáveis (estou olhando para você, km 37), mas a corrida em trilha tem uma maneira única de aprimorar sua força de vontade. "Se você está em uma trilha remota, não tem escolha a não ser resistir. Não há Uber, trem, nem nenhuma distração para tirá-lo do momento. São só você e seu caminho", diz Wyatt.
Traduzido do site WomensRunning.com

Fonte: WomensRunning.com (traduzido por CoelhoDePrograma)

Leia mais sobre: trilha

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho