Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Não é pelos 69 centímetros
Enviar por email Compartilhe no Twitter

terça-feira, 15 de abril de 2014 - 09:44
framengoAntes de começar meu texto, quero pedir antecipadamente desculpas a meu pai, a quem amo e venero, pelo texto, que, além de mal escrito, está eivado de palavrões, que não condizem com a educação que o Sr me deu. Pai, eu jurei que não falaria nem assistiria mais a futebol, mas um email de um molambo filho da puta hoje de manhã me obrigou a escrevê-lo, como uma necessária catarse. Se o senhor chegar ao final do texto, espero que me dê razão.

Peço desculpas ao meu chefe por estar usando o tempo de trabalho pra escrever isso, mas não conseguiria trabalhar enquanto não vomitasse o meu nojo com o que aconteceu no domingo e da maneira como aconteceu.

Não, não é pelos 69 centímetros. Muito menos pelo vice de novo, se a derrota tivesse vindo da maneira que é a que se espera de um esporte. Tanto que na hora do gol, que não vi, pois estava na cozinha tomando copo d´água atrás de copo d´água, eu me virei para o meu pai e disse: "Putz, falei que o Vasco tava recuando demais!".

Só depois de ver o replay do lance e o filho da puta de preto com aquela porra de bandeirinha abaixadinha é que nasceu a revolta, que eclodiu com o email que recebi hoje de manhã de um idiota flamenguista, que, aliás, ficou com o ganha-pão entre as pernas após a vergonha na Libertadores, não tendo me mandado email na ocasião. Ao contrário, fez um esforço enorme pra fingir que não me via no saguão do prédio. Covardia típica dos que se escoram na mamãe platinada pra esconder seus erros.

Não, não é pelos 69 centímetros. Muito menos pelo vice de novo. É pela cara-de-pau de um sistema que ferra o Vasco ou ajuda os queridinhos da mídia desde 2009 todo ano. Depois ainda se viram para o vascaíno e dizem "Ah, foi sem querer, querendo. Errar é humano. Todo jogo tem erro". Duvida? Clique nos links e me diga se acha que foi só coincidência.

2009 – Jeferson. O criador do CBJD deu razão ao Vasco.

2010 – Willians troca o futebol pelo vôlei dentro da área. Ninguém vê.

2011 – Péricles Flassols

2012 – Flamengo caindo se não fossem os "erros" de arbitragem

2013 – Vasco não cairia sem os erros de arbitragem

2014 – Analista fala o que até o Stevie Wonder viu.

Não, não sou, não quero e não vou ser nunca melhor do que ninguém. Apenas não procuro encobrir as minhas cagadas com a conivência de uma mídia comprada e seus "35 mião de criente". Erro, sacudo a poeira e tento dar a volta por cima, sempre cometendo erros novos. Afinal, como a gloriosa nota da FERJ diz, somos humanos. A diferença é que eu falo o que penso, sem rabo preso com ninguém. Sou funcionário público concursado e sustento minha família com meu trabalho.

Não, não é pelos 69 centímetros. Muito menos pelo vice de novo. É apenas esporte. A gente torce, se decepciona, sofre com as gozações e pensa: "Ah, mas amanhã o meu time dá o troco". Triste de verdade é ter o dissabor de ficar sabendo das declarações de ver um filho da puta como o goleiro do Flamengo dizer que "roubado é mais gostoso". Declarações assim me fazem pensar na falência moral, intelectual e até mesmo espiritual (espiritual, e não religiosa) do brasileiro.

As declarações do sucessor daquele outro goleiro do Flamengo, que deu carne de mulher pros cachorros dele comerem, me faz pensar que o povo brasileiro (ê, povinho bunda!), merece cada desgraça que acontece com a gente, uma a uma.

Portanto, parabéns, a você, Felipe, a você, flamenguista, que vibrou com mais essa conquista "na rassa". Você merece essa conquista. Parabéns também a você, vascaíno, que aplaude volta olímpica com caravela de papel e com taça que ainda não havia conquistado.

Você merece o Big Brother, o Mais você, o Show da Xuxa e o Bem Amigos.

Você merece o Messias que voltará ano que vem ao Vasco para nos redimir, a golpes de murro na porta e viradas na mesa. Você merece o falecido Caixa D´Agua, o seu sucessor e a COAF. Você merece o Zé das Medalhas.

Você merece os políticos que temos. Você merece o Porto de Cuba, a hidrelétrica da Nicarágua e a refinaria de Pasadena, o dólar na cueca, o Che Guevara tupiniquim de braço em riste na vergonha suprema de ser preso. Você merece os mensalões, tanto o vermelho quanto o azul.

Você merece o Itaquerão pago com seu dinheiro e que inagurará a Copa (que eu não pedi pra ser no Brasil) sem estar acabado. Você merece o estádio de dois bilhões de reais e que já tem goteira.

Em suma, você merece tomar no rabo. Mas isso não importa. O que importa é que "a grobu diçe qui nóis semu équiça", ainda que vá contra o que dizem, a FIFA, a Justiça e a CBF (essa muuuuuuuito contra a vontade!)

Agora, sim, posso respirar aliviado e dizer que não falo mais disso que há muito tempo já não é mais esporte, é instrumento de alienação de um povo que gosta de comer merda. Só que ao contrários dos manifestantes de junho, eu sei pelo que é, e vou lutar por isso, fazendo doer no bolso dos ventríloquos da molambada, não consumindo mais nada que venha de quem sustenta esses meliantes!

Aos flamenguistas conscientes da minha timeline, meu sincero pedido de desculpas. Esse texto não é pra vocês. Para os que vão ler, relinchar e gritar "vice de novo", o meu mais gutural "FODA-SE".

ituano

Você deve notar que não tem mais tutu
e dizer que não está preocupado
Você deve lutar pela xepa da feira
e dizer que está recompensado

Você deve estampar sempre um ar de alegria
e dizer: tudo tem melhorado
Você deve rezar pelo bem do patrão
e esquecer que está desempregado

Você merece, você merece
Tudo vai bem, tudo legal
Cerveja, samba, e amanhã, seu Zé
Se acabarem com o teu Carnaval?

Você merece, você merece
Tudo vai bem, tudo legal
Cerveja, samba, e amanhã, seu Zé
Se acabarem com o teu Carnaval?

Você deve aprender a baixar a cabeça
E dizer sempre: "Muito obrigado"
São palavras que ainda te deixam dizer
Por ser homem bem disciplinado

Deve pois só fazer pelo bem da Nação
Tudo aquilo que for ordenado
Pra ganhar um Fuscão no juízo final
E diploma de bem comportado

Você merece, você merece
Tudo vai bem, tudo legal
Cerveja, samba, e amanhã, seu Zé
Se acabarem com o teu Carnaval?

Você merece, você merece
Tudo vai bem, tudo legal
Cerveja, samba, e amanhã, seu Zé
Se acabarem com o teu Carnaval?

Você merece, você merece
Tudo vai bem, tudo legal

E um Fuscão no juízo final
Você merece, você merece

E diploma de bem comportado
Você merece, você merece

Esqueça que está desempregado
Você merece, você merece

Tudo vai bem, tudo legal


Fonte: Coelho de Programa

Leia mais sobre: futebol

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho