Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Enjoado das provas longas? Treine para as curtas!
Enviar por email Compartilhe no Twitter

quinta-feira, 12 de abril de 2018 - 09:28
fartlekFala, galera!

Há muitos relatos de pessoas que enjoam do longo e cansativo (é isso mesmo, não tô aqui pra enganar ninguém!) processo de treinamento para uma corrida de longa distância.

Bom, isso não acontece comigo, porque eu gosto de correr as provas mas gosto talvez mais ainda dos treinos.

Pode ser pelo fato de ter feito apenas duas maratonas? Pode, mas se meias-maratonas contam como treinos longos, houve um período em que eu fazia uma a cada fim de semana.

Então eu sou um super-homem? Claro que não! É como eu gosto de dizer: Qualquer eu que treinar, faz!

Mas afinal de contas, pra que diabos eu estou falando isso?

Porque ter enjoado dos treinos e provas longas pode ter sido o seu caso! E é pra você que está lendo que eu escrevo. Se esse é seu caso, qual pode ser a solução? Pendurar as chut... digo, os tênis e pensar em fazer Tai chi chuan, Heiki ou Ikebana? Nada contra os praticantes dessas atividades, mas você pode tirar prazer e divertimento daquele 5km ou 10km "pra morte" (entendedores entenderão).

A matéria que traduzi pra hoje, do excelente site Competitor.com, fala sobre as vantagens de passar uma temporada moendo as canelas num 5k ou 10k matadores. Bora dar aquela lidinha básica? mrgreen
Maratonas e corridas de longa distância são o desejo de todo corredor, mas o que acontece quando você começa a se sentir exausto? Tente dar uma pausa nas provas longas e corra algo mais curto, como um 5K ou 10K. Não apenas as distâncias mais curtas são ótimas para corredores de todas as habilidades, mas uma pausa nas distâncias longas renova seu amor pela corrida, melhora sua velocidade e lhe dá a oportunidade de se concentrar na construção de força.

Fiquei o ano passado sem correr maratonas. Como você pode suspeitar, eu estava me sentindo muito exausta. Correr mais maratonas ou maratonas mais rápidas não era mais um objetivo motivador, e eu sabia que estava chegando cada vez mais perto da exaustão. Em vez de se tornar um membro do clube "Eu odeio correr", optei por pular a maratona por um ano e me inscrever para uma série de corridas mais curtas. As corridas curtas e rápidas foram revigorantes e me deram um novo e diferente tipo de desafio.

Veja por que você deve ignorar as corridas de longa distância este ano e optar por algo mais curto:

Atualização de Treinamento


Em uma relação de amor e ódio com os treinos ou com sua prova de longa distância preferida? Inscrever-se e treinar para uma distância menor pode fornecer a redefinição de treinamento de que seu corpo e sua mente precisam desesperadamente. A questão de correr longas distâncias é que você também precisa treinar por um longo tempo. Nada te castiga tanto quanto quatro meses ou mais de alta quilometragem e horas de corrida no limite. Muito de um mesmo tipo de treino pode deixá-lo sentindo-se entediado. A boa notícia é que treinar para distâncias mais curtas é completamente diferente!

Antes da minha pausa nas maratonas, senti-me completamente enjoada de treinar. Mas quando eu nervosamente disse ao meu treinador que eu estava preocupada com o esgotamento, ele respondeu preenchendo minha planilha com corridas de fartlek, intervalos rápidos e um monte de novos (para mim) treinos. A mudança foi revigorante e ajudou a redefinir minha perspectiva sobre o treinamento. No final da temporada, eu estava pronta para enfrentar a maratona novamente.

Melhorias de velocidade

A corrida de longa distância é ótima para aumentar a resistência física e mental, mas é menos ideal para a construção de curtos incrementos de velocidade. Ao invés de treinos cansativos em ritmo de maratona ou corridas longas de ritmo, você precisará incorporar diferentes tipos de exercícios em sua planilha, incluindo muitos intervalos curtos e rápidos.

Eu estava nervosa por deixar meus fiéis treinos para a maratona para trás, mas o fartlek e as repetições de 400 metros que as substituíram me serviram bem. Na verdade, consegui aumentar minha velocidade a um ritmo incrível. Quando finalmente voltei para a corrida de longa distância, meus ritmos rápidos melhoraram de 12 a 20 segundos por quilômetro e meus ritmos mais rápidos melhoraram ainda mais. Ficou claro que uma temporada focada em treinos de velocidade fez o truque.

Construção de força

Sim, a maratona te faz forte, mas não deixe isso tirar a força que vem de correr um 5K. Correr mais rápido a uma distância menor aumenta seu VO2 máximo, permitindo que seu corpo se adapte a velocidades mais rápidas e, como resultado, fique mais forte. Na verdade, os corredores de longa distância podem se beneficiar enormemente do treinamento para 5K; nossos corpos tendem a cansar no final de um esforço longo e sustentado, mas focar na força e velocidade necessárias para as corridas de 5K também trará força e velocidade para as corridas de longa distância.

Depois que passei uma temporada treinando para 5 e 10km, meu retorno à meia maratona foi incrivelmente forte. Senti-me muito bem nos últimos quilômetros da prova e sabia que poderia suportar a dor na hora em que a prova ficou dura - como no 5K. Eu até tirei impressionantes sete minutos do meu recorde pessoal!
E então, gostaram? Abraços e beijos a todos e até a próxima! mrgreen

Fonte: Competitor.com (adaptado por Coelho de Programa)

Leia mais sobre: 5km, 10km, corrida de longa distância, maratona, meia-maratona

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho