Parceiros
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

[X] Fechar

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Corrida e distanciamento social: O que fazer e o que não fazer
Whats Email Mapa de imagens. Clique em cada uma das imagens

segunda-feira, 6 de abril de 2020 - 12:33
running at homeCom as academias fechadas, mais pessoas estão se voltando para exercícios em casa para ficar em forma. Continuar se exercitando é incrivelmente importante para a saúde mental e física. No entanto, no momento em que precisamos praticar o distanciamento social, correr ao ar livre também pode apresentar certos desafios. (Observação: se você estiver em auto-isolamento ou em quarentena, fazer exercícios ao ar livre não é permitido).

Aqui, conversamos com dois médicos sobre como continuar treinando e se divertindo enquanto pratica o distanciamento social de forma ideal.

Mantenha distância

"Para praticar a distância social durante a corrida, mantenha-se a pelo menos um metro e meio de distância e estará mantendo as recomendações do CDC", diz Roche. Ultimamente, os especialistas recomendam que o dobro dessa distância seja mais cauteloso. No que diz respeito à corrida em trilhas, verifique se as trilhas são largas o suficiente para as pessoas passarem. Se você optar pelas trilhas, dê muitos avisos ao passar para que os corredores e caminhantes também possam escolher o local de passagem com o qual se sintam mais confortáveis. Esteja ciente de seu entorno. Ao escolher entre trilhas e ruas, considere a população: "Se as trilhas estiverem congestionadas ou você estiver passando por várias pessoas e for incapaz de dar um amplo espaço, as ruas podem ser uma opção melhor", acrescenta Roche. Os estacionamentos são uma maneira muito fácil de se espalhar, uma vez que há menos carros na rua.

"E sem abraços ou cumprimentos. Meus parceiros de treinamento habituais dão grandes abraços e high-fives, mas estamos nos contendo agora", acrescenta o Dr. Jason Friedman, médico de medicina de emergência, fisiologista do exercício, treinador e ultrarunner.

Não corra com os outros

"Minha recomendação é evitar correr com outras pessoas agora, a menos que você já more ou esteja em contato frequente com elas. Correr sozinho ou com apenas mais uma outra pessoa é um bom caminho a percorrer", diz a Dra. Megan Roche, premiada corredora de trilha, treinadora de longa data e atual candidata a doutorado em epidemiologia em Stanford. "Isso serve para limitar sua própria exposição ao COVID-19, mas também por respeito à comunidade e ao mundo em geral, já que você pode estar assintomático ou levemente sintomático para o COVID-19, o que poderia causar propagação. Se você pensar nas diferentes redes de exposição que poderiam se formar, se todos corrêssemos se revezando com um monte de amigos, isso pode ser um grande ponto de disseminação. Simplesmente não vale a pena pelo risco à saúde pública".

Lave as mãos

"Para mim, o elemento mais importante depois da corrida seria lavar as mãos por pelo menos 20 segundos imediatamente depois", diz Roche. "Se você tem a opção de tomar banho e trocar/lavar as roupas, isso também seria o ideal". Friedman acrescenta que está mantendo uma pequena garrafa de desinfetante no carro para desinfetar as mãos assim que a corrida termina.

Não toque em seu rosto

Talvez seja hora de usar um protetor de rosto para facilitar a proteção do rosto e a limpeza do nariz. Roche explica que isso não o protegerá do vírus, mas pode ajudar a evitar tocar o rosto com a mesma frequência. "Enquanto corre, sugiro evitar tocar seu rosto o máximo possível e assoar o nariz na pista", diz Roche. "Depois de correr, seria um bom momento para assoar o nariz com um lenço de papel e lavar as mãos imediatamente depois."

Corra seguro

Planejando enfrentar aquela trilha técnica super íngreme ou ir para o interior para um longão? Pense novamente: tente minimizar o risco de acidentes o máximo possível. "Ao planejar aventuras, também é importante pensar em minimizar o risco de acidentes ou lesões que podem desviar os médicos do serviço de alívio para o COVID-19", diz Roche. "Os atletas devem ter cuidado com atividades como escalada, esqui ou mountain bike, dependendo de sua habilidade e nível de conforto. Precisamos priorizar a eficiência no uso dos nossos recursos médicos".

Não exagere nem corra doente

Além do óbvio "você não deve correr quando está doente", você também corre o risco de infectar as pessoas com quem entra em contato ou, se não tiver o COVID-19, vai enlouquecer as pessoas. "Se você está tossindo e com muita coriza, provavelmente não deveria estar correndo com outras pessoas agora", diz Friedman. Apenas fique em casa.

Está auto-isolado ou em quarentena? Permaneça em casa

"Especialmente se você estiver em quarentena por um teste positivo conhecido ou um contato próximo com um positivo conhecido, eu pensaria muito antes de sair de casa, mesmo sozinho", diz Friedman. "Aprenda a amar sua esteira. Se você não tiver uma, concentre-se no trabalho de força e core por algumas semanas. Você pode perder um pouco de condicionamento físico, mas não há realmente nada para o que treinar no momento".

Como as regras e os regulamentos estão mudando rapidamente, é sempre uma boa ideia checar uma fonte confiável, como o site do CDC, para ver quais são as regras de onde você mora.
Traduzido do site MapMyRun.com

Fonte: MapMyRun.com (traduzido por CoelhoDePrograma)

Leia mais sobre: coronavirus

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho