Coelho Dizeres Computador
[X] Fechar

Já conhece a NewsLetter do CoelhoDePrograma? Clique aqui e assine!

Só demora 30 segundos para se cadastrar e você recebe nossas notícias por email!

[X] Fechar

Seu nome:

Seu email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Como corredores de sucesso agem na semana de prova Whats Email Mapa de imagens. Clique em cada uma das imagens

segunda-feira, 2 de setembro de 2019 - 09:26
focused runnerFalta uma semana para a sua prova alvo e você está começando a enlouquecer.

Treinos duros? Feitos.

Corridas longas? Concluídas.

Treinamento de força? Ok.

Então o que vem depois?

Mais ou menos uma semana antes da prova principal, corredores de longa distância mudam seu foco de treinamento intenso para descanso e recuperação. Ao mesmo tempo, tentam manter a vida cotidiana enquanto planejam as interrupções causadas pelas viagens, mudanças de horário e antecipação nervosa do evento.

Para ajudá-lo nos preparativos para a sua próxima prova, conversamos com alguns dos maiores corredores de distância do país sobre o que eles fazem para se preparar durante uma semana de prova e como lidam com os desafios ao longo do caminho.

Domestique o 'Louco do polimento'

Os quilômetros de polimento de quilômetros e os treinos de intensidade antes de uma grande maratona devem proporcionar mais tempo e energia, mas essas horas extras e o entusiasmo devem ser usados com sabedoria.

O maratonista olímpico dos EUA Jared Ward deve correr a maratona de Boston este mês. Ele também é pai de três filhos, treinador de corrida e professor adjunto de estatística. Quando ele volta a treinar antes de uma maratona, ele gosta de se manter ocupado com outras coisas.

"Posso concentrar um pouco mais de tempo nas outras atividades, em vez de gastar muito tempo pensando na corrida. Já treinei e, até então, tenho um plano de corrida, por isso não preciso mais pensar na corrida. Considero as distrações uma bênção.", diz ele.

Embora as atividades fora da corrida possam tranquilizar sua mente, podem exauri-lo e esgotar as reservas que você está tentando acumular para a corrida, se não tomar cuidado. Enlouquecer e assumir um grande projeto de melhoramento da casa ou finalmente limpar a garagem, por exemplo, provavelmente são ideias ruins.

A maratonista profissional Becky Wade diz que mira encontrar um bom equilíbrio entre permanecer ocupada e relaxar com livros e TV.

Sendo uma atleta profissional, ela tem obrigações como participações em eventos e coletivas de imprensa, mas evita assumir muitos compromissos nos dias anteriores à corrida. "Protegerei minha agenda se achar que está ficando fora de controle", diz ela.

Evite mudanças bruscas de rotina

À medida que você descansa mais o corpo, também é importante manter o controle de suas rotinas regulares de alimentação, sono e corrida.

"Tento manter a semana de uma corrida o mais normal possível. Correr é encontrar uma rotina que funcione para você. Praticar sua rotina é um dos aspectos mais importantes da preparação da corrida.", diz Kellyn Taylor, maratonista da Northern Arizona Elite.

Para Roberta Groner, isso significa fazer malabarismos com muitas coisas. Além de ser maratonista master em nível de elite, Groner trabalha em período integral como enfermeira e tem três filhos. A semana da corrida é apenas uma continuação do delicado equilíbrio que ela trabalhou duro para estabelecer. "Tenho que planejar minhas corridas de acordo com meu cronograma apertado, portanto, manter uma rotina consistente é muito importante.", diz ela.

Ater-se ao que funciona envolve fazer os mesmos aquecimentos, horários de refeições, alongamentos e recuperação que você aperfeiçoou durante o treinamento. Não caia na tentação de adicionar algo novo porque está nervoso e procurando por algo extra. A semana da prova não é a hora de experimentar novos alimentos em sua dieta, experimentar massoterapia pela primeira vez ou adotar um novo e promissor treino antes da corrida.

Espere 'Está tudo errado' e Stress

Para evitar esquecer algo essencial, como um lanche favorito, os profissionais dizem que não esperam até o último minuto para fazer as malas. "Sempre passo minha rotina pré-prova na cabeça enquanto estou fazendo as malas, com os olhos fechados, para ter certeza de que tenho tudo", diz Ward, anotando que seus fones de ouvido com cancelamento de ruído são itens indispensáveis ao voar.

O maratonista da elite do norte do Arizona, Scott Fauble, certifica-se de levar uma caixa de GU Stroop Wafels, junto com seus combustíveis. "Fora isso, eu apenas trago um elástico que uso para esticar meus quadris e algumas ferramentas de mobilidade, como um daqueles rolos esféricos de espuma, e um em forma de amendoim que uso nas costas.", diz ele.

Depois que as malas estiverem prontas, prepare-se para uma jornada que pode não ocorrer sem problemas. Mudanças de horário, atrasos nos voos e/ou mau tempo podem tornar a viagem estressante, mas manter uma atitude positiva e flexível é fundamental. "Quando você viaja, não tem controle total do seu ambiente. Portanto, ser flexível e seguir o fluxo são benéficos. Estar relaxado, feliz e animado é a melhor maneira de entrar em uma corrida.", diz Wade.

Além disso, fique atento à forma como você se sente fisicamente e faça ajustes nas suas corridas, se necessário. "Tento ouvir meu corpo nos dias de viagem. Geralmente corro antes de sair e faço uma corrida curta depois de chegar. Já tive casos em que fiquei cansado demais ou cheguei tarde demais para correr novamente. Uma corrida não vai prejudicar meu treinamento, mas me esgotar completamente alguns dias antes de uma corrida certamente pode ter efeitos negativos no meu desempenho.", diz Taylor.

Chris Derrick, um membro do Bowerman Track Club, correu a maratona Virgin Money London em abril. Para se sentir confortável, Derrick chegou à Inglaterra cerca de dez dias antes da maratona. Mesmo sendo um viajante experiente, Derrick, que mora em Portland, Oregon, diz que as mudanças de horário e os alarmes da manhã no dia da corrida não ficam mais fáceis.

Na maratona da TCS em Nova York, por exemplo, ele precisa acordar por volta das 4h30 (1h30 da costa oeste) para pegar um ônibus das 6h da manhã. "Não descobri nenhuma maneira de chegar 'dentro do cronograma' para esse tipo de despertar, e não durmo bem na noite anterior às provas de qualquer maneira. Portanto, meu plano básico [que antecede a prova] é comer minhas refeições em horários normais para tentar ajustar meu corpo, mas depois dormir o máximo possível, sempre que possível. O despertar extremamente cedo para uma maratona importante sempre parecerá estranho, então só quero estar o mais descansado possível. A adrenalina [do dia da prova] pode compensar o ritmo estranho do corpo.", diz ele.

Aproveite o passeio

Você treina há meses, ou mesmo anos, para uma grande prova, então, comemore o que já realizou e o que está prestes a fazer. Saboreie as emoções, admita a adrenalina, canalize o nervosismo em emoção.

"Lembre-se de que essa é a parte divertida. Você tem prova esta semana. E, se você estiver em Boston, você pode correr Boston. Isso é tão legal! Mergulhe nisso e o fim de semana se resolverá sozinho.", diz Fauble.
Traduzido do site PodiumRunner.com

Fonte: PodiumRunner.com (traduzido por CoelhoDePrograma)

Leia mais sobre: prova

Assine a NewsLetter do CoelhoDePrograma e não perca mais nenhum artigo!

Gostou da matéria? Comente logo abaixo! mrgreen

Copyright - Marcelo Coelho